2011-06-27 – Ata 44a reunião

Ata da 44ª reunião do Grupo Coordenador das Atividades de Cultura e Extensão Universitária do campus de Ribeirão Preto, realizada aos vinte e sete dias do mês de junho de dois mil e onze, às quatorze horas, na Casa 3 da Rua Pedreira de Freitas, localizado no Campus da USP Ribeirão, sob a presidência da Profª Drª Patrícia Maria Berardo Gonçalves Maia Campos e com a presença dos seguintes membros do Grupo: Sr. Aurélio Manoel Correa Guazzelli, Prof. Dr. Cristiano Roque Antunes Barreira, Profª Drª Maria de Louredes Veronese Rodrigues, Prof. Airton Vieira de Almeida representanto o Prof. Dr. Dimas Tadeu Covas, convidado o Prof. Dr. José Moacir Marin, Coordenador do Campus de Ribeirão Preto e a secretária Gisele Maranghetti Lourenço Benevides, secretariando a reunião. A Senhora Vice-presidenta declara aberta a sessão. Comunicados: Profa. Patrícia informou que em novembro será realizado o encontro das CRInt’s que contará com o apoio do Grupo Coordenador. Palavra aos membros: Profa. Maria de Lourdes informou que no próximo ano será aniversário de 60 anos da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Estão sendo programados seminários com as várias comissões da unidade e que no mês de março será a Comissão de Cultura e Extensão. Ordem do dia: Foi aprovada por unanimidade a 43ª ata da reunião do Grupo Coordenador das Atividades de Cultura e Extensão. Pauta: Proc. 2011.1.421.53.0 – Recurso financeiro para o Projeto “Temporada 2011 Coral USP Ribeirão”.  A Profa. Patrícia deu ciência no processo e encaminhou ao maestro Sérgio Alberto de Oliveira. Foi explicado na reunião que o valor liberado foi muito abaixo do solicitado, e que poderá somente ser utilizado para criação de material de divulgação e do DVD, programas e cartazes; porém foi discutido que a solicitação feita para produção do DVD, no valor de R$10.000,00 não foi autorizada, dessa forma como poderá ser feita a divulgação do DVD sem que ele seja produzido. Foram dadas algumas sugestões para que o maestro Sérgio encaminhe novamente um ofício a Pró-reitoria pedindo autorização para que a verba recebida seja utilizada para produção do DVD. Proc. 10.1.826.53.9 – Gestão de Recursos Financeiros – Solicitação de recursos para a 15a Semana de Arte e Cultura. Foi explicado que o processo retornou pois constava que uma atração da Semana de Arte e Cultura seria de grupo externo a USP, porém foi feita justificativa que por ser um grupo que tinha a participação de funcionários e alunos da USP, entendeu-se que não seria de fora. O Prof. Marin, Coordenador do Campus de Ribeirão Preto, solicitou a presença na reunião do Grupo Coordenador para mostrar algumas ações que estão sendo feitas no Campus de Ribeirão Preto que favorecem a Cultura. Prof. Marin informou sobre a internacionalização, que estão tentando disponibilizar uma casa, próxima a casa de hóspedes, para hospedar estrangeiros por um curto período, até que eles encontrem um alojamento. Ele também teve uma reunião com a Profa. Maria Arminda dizendo que a verba da Pró-reitoria destinada a Cultura seja proporcional ao tamanho do Campus, não pode-se comparar o campus de Bauru ou de Pirassunuga com o de Ribeirão, por termos muito mais unidades. Ele enfatizou para a Pró-reitora que se um projeto é bom, deve-se dar a verba total solicitada. Outro ponto que ele enfatizou foi que a USP não significa somente o campus de São Paulo, e está cobrando que o CoralUSP e a Orquestra da USP tenham programação nos outros campi. Prof. Marin disse que levou o material da Ópera Café, montada pelo Coral da USP Ribeirão juntamente com o Coral Coopercitrus, e a Pró-reitora não tinha conhecimento desse projeto realizado por Ribeirão Preto. Prof. Marin está também solicitando da Pró-reitoria que enviem profissionais na área de museu para analisar a estrutura dos Museus do café e Municipal, ambos situados no campus da USP Ribeirão para, após, decidir se os incorpora a USP. Sobre os vitrais do Bassano Vaccarini, o Prof. Marin informou que após a recuperação, poderiam colocá-los no Espaço Santander, mas antes estão tentando conversar com a EDUSP se eles abrem mão do projeto, pois a área onde situa-se o Banco Santander possuia minas d’água, ele teme que ao executar o projeto de colocar um espaço com dois andares que estas antigas minas aflorem e que inviabilizem o projeto. Colocariam paredes de drywall alterando somente o espaço interno. O prof. Marin disse que a gerente do Santander comentou que o banco dispõe de um sistema de cabeamento de internet muito bom, que se quiserem podem deixar o espaço com tudo o que ele tem, e o Lelo também disse sobre o cofre do banco que poderia ser utilizado para guardar as obras com segurança. Isso tudo estaria disponibilizado após mostrarem interesse e comunicando ao Banco. E que poderia ser feito uma parceria onde o espaço Santander pudesse conectar diretamente com museus espanhóis. Ao ser comentado que o IEA teria interesse também no projeto, o Prof. Marin disse que eles poderiam ficar com a casa que no momento está funcionando o Banco do Brasil. Um outro ponto levantado pelo Prof. Marin que no futuro as casas da Colônia Velha Milaneza (que dão fundo para o lago) seriam transformadas em uma Vila de Oficinas, nas casas seriam dadas oficinas de artesanatos, música, fotografia. Nada mais havendo a ser relatado, agradece a presença dos membros dá-se por encerrada a reunião e, na qualidade de secretária, eu Gisele Maranghetti Lourenço Benevides _________________, elaborei a presente ata que segue assinada pela Presidente do Grupo.

Profa Dra Patrícia Maria Berardo Gonçalves Maia Campos

Vice-Presidente